Biblioteca Florestal
Digital

O potencial interpretativo das trilhas da estação de pesquisa, treinamento e educação ambiental da Mata do Paraíso

Show simple item record

dc.contributor.advisor Gonçalves, Wantuelfer
dc.contributor.author Carvalho, Fernanda Franciele de
dc.date.accessioned 2014-11-10T13:51:15Z
dc.date.available 2014-11-10T13:51:15Z
dc.date.issued 2014-06-23
dc.identifier.citation CARVALHO, F. F. O potencial interpretativo das trilhas da estação de pesquisa, treinamento e educação ambiental da Mata do Paraíso. 2014. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12615
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract A educação e interpretação ambiental é uma prática que tem se tornado mais necessária a cada dia para a população mundial, em especial, para crianças e jovens, por esses se encontrarem num estágio de formação pessoal. O contexto de degradação do meio ambiente que verificamos nos dias de hoje nos alerta para a necessidade da adoção de práticas educacionais que visem a conservação e a preservação, voltadas para mudanças de atitudes e comportamentos, capazes de nos levar a melhores condições de vida no espaço em que vivemos. Com cerca de 200 ha, Mata do Paraíso faz parte de um fragmento de mata Atlântica que em sua história sofreu intensa degradação, mas que depois de um convênio entre a Prefeitura de Viçosa e a Universidade Federal de Viçosa, passou a ser responsabilidade da universidade, sendo preservada desde então. Com a criação da Estação de Pesquisa, Treinamento e Educação Ambiental da Mata do Paraíso, iniciou-se um trabalho de atendimento a visitantes na mata. Este trabalho é gerido pelo Grupo de Educação e Interpretação Ambiental da Mata do Paraíso, que recebe visitantes de segunda a sexta-feira, de 08 às 12 e de 14 às 17 horas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial das trilhas da EPTEA para trabalhos de educação e interpretação ambiental. Para a sua realização, inicialmente foi feito um levantamento sobre o potencial das trilhas e dos pontos interpretativos. Para isso utilizou-se do método de Indicadores de Atratividade de Pontos Interpretativos, que classifica os pontos através de pontuações relacionadas à importância dos elementos para qualidade da experiência dos visitantes, facilitando a escolha entre dois ou mais pontos que possuam temas interpretativos semelhantes. Cada trilha foi percorrida duas vezes, sendo um trajeto de ida e outro de volta, e com o auxílio de uma ficha de campo, pontos interpretativos e trilhas foram selecionadas para a implantação do projeto. Cartas de divulgação foram mandadas às escolas de Viçosa e de acordo com o interesse destas, visitas foram agendadas. Durante as visitas foram feitas dinâmicas, brincadeiras e trilhas interpretativas. Ao final das atividades foram aplicados questionários que visavam avaliar a qualidade das visitas e a efetividade dos pontos escolhidos. Os questionários mostraram que os visitantes se mostram bastante satisfeitos com as visitas e que os pontos interpretativos selecionados são muito viáveis. Os resultados alcançados podem contribuir para o planejamento da visitação, subsidiando o desenvolvimento e implementação das atividades de lazer da Mata do Paraíso. pt_BR
dc.format 30 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Educação ambiental pt_BR
dc.title O potencial interpretativo das trilhas da estação de pesquisa, treinamento e educação ambiental da Mata do Paraíso pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Monografia_Fernanda Franciele de Carvalho.pdf 1.317Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account