Biblioteca Florestal
Digital

Seleção de genótipos de eucalipto resistentes à mancha-de-pteridis causada por Calonectria pteridis

Show simple item record

dc.contributor.advisor Alfenas, Acelino Couto
dc.contributor.author Freitas, Rodrigo Galvão de
dc.date.accessioned 2014-11-06T13:08:51Z
dc.date.available 2014-11-06T13:08:51Z
dc.date.issued 2014-02
dc.identifier.citation FREITAS, R. G. Seleção de genótipos de eucalipto resistentes à mancha-de-pteridis causada por Calonectria pteridis. 2014. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12536
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract A mancha-de-pteridis, causada por Calonectria pteridis, é uma das principais doenças foliares da cultura do eucalipto nas regiões de clima quente e úmido do Brasil, sendo um fator limitante de produtividade, principalmente no norte e nordeste do país. Entretanto, observações de infecção no campo e inoculações sob condições controladas, indicam a existência de variabilidade para a resistência. Assim, a identificação e seleção de genótipos resistentes para o plantio e para a utilização em programas de melhoramento, constitui uma eficiente e econômica estratégia para o controle desta doença. Portanto, com o objetivo de identificar genótipos de eucalipto resistentes à mancha-de-pteridis, 14 espécies do gênero Eucalyptus e três do gênero Corymbia, com 30 mudas de cada espécie, foram inoculadas com uma suspensão de 1 x 104 conídios/mL do isolado monospório LPF059 de Calonectria pteridis. A avaliação da severidade da doença foi aferida 50 dias após a inoculação quantificando-se o percentual de desfolha em quatro ramos da parte basal da copa de cada planta. As espécies, Eucalyptus brassiana, E. saligna, E. scias e E.agglomerata apresentaram maior frequência de plantas resistentes. Enquanto C. citriodora, E. dunii, E. grandis, C. maculata e E pilularis foram as espécies com a maior frequência de plantas suscetíveis, com mais de 50% de desfolha. Entretanto, há uma grande variabilidade intra- específica, sendo possível encontrar fontes de resistência mesmo nas espécies consideradas suscetíveis. O resultado deste trabalho é importante para nortear os programas de melhoramento genético florestal visando à transferência da característica de resistência. pt_BR
dc.format 28 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.title Seleção de genótipos de eucalipto resistentes à mancha-de-pteridis causada por Calonectria pteridis pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Monografia_Rodrigo Galvao de Freitas.pdf 1.096Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account