Biblioteca Florestal
Digital

Regulação da produção de povoamentos de eucalipto incluindo desbastes seletivos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Leite, Hélio Garcia
dc.contributor.author Gomide, Cíntia Ribeiro
dc.date.accessioned 2014-11-05T10:36:20Z
dc.date.available 2014-11-05T10:36:20Z
dc.date.issued 2013-08-16
dc.identifier.citation GOMIDE, C. R. Regulação da produção de povoamentos de eucalipto incluindo desbastes seletivos. 2013. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2013. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12506
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Visando o atendimento tanto dos setores de celulose e energia como da demanda de madeira para serraria ou laminação, empresas florestais podem adotar maiores ciclos de corte nos povoamentos de eucalipto, aplicando desbastes, em substituição do manejo tradicional. Entretanto, quando os povoamentos são submetidos a desbastes a definição de prescrições com base apenas na idade técnica de corte das unidades de manejo não é suficiente, é necessário incluir prescrições com aplicação de desbaste. O objetivo desse trabalho foi desenvolver modelos de regulação para floresta com produção destinada à celulose (Modelo A) e incluindo aplicação de desbastes seletivos (Modelo B), onde a produção seria destinada à serraria, utilizando a programação linear e empregando o software RPF – Regulação de Produção Florestal. O cadastro florestal utilizado era composto por 193 unidades de manejo, constituindo uma distribuição irregular de classes de idade. A análise econômica foi realizada calculando o valor presente líquido (VPL), para cada modelo. Após a resolução dos modelos, verificou-se que a solução para ambos os problemas de planejamento atenderam as restrições de área de corte e produção do volume anual para a maioria dos períodos de planejamento, e ocorreu a formação de uma nova estrutura de distribuição de classes de idade, necessária para fins de regulação. Comparando as soluções encontradas, observou-se um acréscimo de 5,0% no VPL para o Modelo B, com aplicação de desbastes. Assim, concluiu-se que o programa RPF é eficiente para a formulação e resolução de modelos de regulação florestal para corte raso, e que a inclusão de desbastes e venda de madeira para serraria resulta em retorno econômico significativo. pt_BR
dc.format 35 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.title Regulação da produção de povoamentos de eucalipto incluindo desbastes seletivos pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Monografia_Cíntia Ribeiro Gomide.pdf 510.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account