Biblioteca Florestal
Digital

Análise multivariada da vegetação como ferramenta para avaliar a reabilitação de dunas litorâneas mineradas em Mataraca, Paraíba, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Cunha, Luciane Orlandini
dc.contributor.author Fontes, Marco Aurélio Leite
dc.contributor.author Oliveira, Antônio Donizette de
dc.contributor.author Oliveira-Filho, Ary Teixeira de
dc.date.accessioned 2014-11-04T12:51:06Z
dc.date.available 2014-11-04T12:51:06Z
dc.date.issued 2003
dc.identifier.citation CUNHA, L. O. et al. Análise multivariada da vegetação como ferramenta para avaliar a reabilitação de dunas litorâneas mineradas em Mataraca, Paraíba, Brasil. Revista Árvore, Viçosa, v. 27, n. 4, p. 503-515, 2003. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12493
dc.description.abstract A mineração das dunas litorâneas em Mataraca, Paraíba, Brasil, para obtenção de minérios titaníferos, demanda a retirada da vegetação original e resulta na posterior formação de grandes massas de areias quartzosas estéreis. Estas dunas ficam sujeitas à forte ação dos ventos, podendo se deslocar e ocasionar impactos ambientais de alta magnitude. A mineradora Millennium Inorganic Chemicals do Brasil S.A. desenvolve, desde 1987, um Programa de Reabilitação Ambiental, com o objetivo de fixar essas dunas e reabilitar o ecossistema. Neste estudo objetivou-se identificar o nível de influência dos fatores irrigação, tempo de recuperação, cobertura com bagaço de cana e adição de solo de mata (proveniente do decapeamento pré-exploratório) na revegetação dessas áreas. A vegetação foi levantada pelo método de pontos em 1.094 amostras, sistematicamente distribuídas em 13 estratos, que foram definidos pelas diferentes combinações dos fatores citados. Foram amostrados 3.153 indivíduos, pertencentes a 24 famílias e 84 espécies, que a partir de seus valores de cobertura foram submetidas, com os quatro fatores, a uma análise de correspondência canônica. Observou-se a idade como o fator que mais influiu nas relações de abundância, seguido do uso de solo de mata, enquanto a irrigação e a adição de bagaço de cana quase não influenciaram o desenvolvimento da vegetação. pt_BR
dc.description.abstract The mining of coastal sand dunes in Mataraca, Paraíba, Brazil, to extract titanium-derived minerals requires the removal of the original vegetation and produces huge tailing dunes formed essentially of sterile quartzic sand. These dunes are blown by strong winds throughout the year and may be moved away from the coastline causing serious environmental impacts. Since 1987, the mining company Millennium Inorganic Chemicals from Brazil carries out an Environmental Rehabilitation Program aimed to fix these dunes and reclaim the ecosystem. The objective of this study was to assess the influence of the following factors on vegetation recovery: irrigation, rehabilitation age, soil coating with sugar cane bagasse, and soil coating with forest topsoil (obtained from pre-mining removal). The vegetation was surveyed using the point sampling method with 1,094 sample points distributed systematically in 13 strata defined by different combinations of factors. A total of 3153 individual plants belonging to 24 families and 84 species were recorded and their cover values in each stratum were used in a canonical correspondence analysis. Rehabilitation age was the factor most strongly correlated with the species’ abundance distribution, followed by addition of forest topsoil, while irrigation and sugar bagasse had no significant influence on vegetation progress. pt_BR
dc.format 13 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.27,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Recuperação de áreas degradadas pt_BR
dc.title Análise multivariada da vegetação como ferramenta para avaliar a reabilitação de dunas litorâneas mineradas em Mataraca, Paraíba, Brasil pt_BR
dc.title English title: multivariate analysis of the vegetation as a tool to assess the reclamation of coastal sand dunes after mining in Mataraca, Paraíba Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v27_n4_p503-515_2003.pdf 369.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account