Biblioteca Florestal
Digital

Variações genéticas em populaçãoes de Eucalyptus spp. detectadas por meio de marcadores moleculares

Show simple item record

dc.contributor.author Caixeta, Ronaldo Pereira
dc.contributor.author Carvalho, Dulcinéia de
dc.contributor.author Rosado, Sebastião Carlos da Silva
dc.contributor.author Trugilho, Paulo Fernando
dc.date.accessioned 2014-10-31T12:56:34Z
dc.date.available 2014-10-31T12:56:34Z
dc.date.issued 2003
dc.identifier.citation CAIXETA, R. P. et al. Variações genéticas em populaçãoes de Eucalyptus spp. detectadas por meio de marcadores moleculares. Revista Árvore, Viçosa, v. 27, n. 3, p. 357-363, 2003. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12454
dc.description.abstract A tecnologia de marcadores moleculares, aliada às técnicas clássicas do melhoramento, pode contribuir significativamente para o conhecimento básico da cultura e do caráter estudado e para a geração e o desenvolvimento de produtos melhorados. O objetivo deste trabalho foi utilizar marcadores RAPD para detectar e maximizar a variabilidade genética em genótipos Eucalyptus, identificando cruzamentos favoráveis para um programa de melhoramento florestal, visando o uso múltiplo. Foram analisados 44 genótipos de híbridos naturais do gênero Eucalyptus, plantados na região noroeste de Minas Gerais. Os marcadores moleculares RAPD apresentaram poder de discriminação eficiente entre os 44 genótipos avaliados, constatando-se uma distância genética média entre os genótipos de Eucalyptus de 54% e divergência genética variando de 24 a 73%. Este fato indica que entre os indivíduos analisados existe uma ampla base genética, o que possibilita a manipulação desse material em programas de melhoramento. A distância genética entre os genótipos 5 e 9; 9 e 10; 9 e 19; 9 e 25; 9 e 33; 9 e 35; 9 e 36; 9 e 44; 10 e 33; 12 e 19; 12 e 33; e 12 e 39 apresentou-se maior ou igual a 70%. A análise de agrupamento estabelecida, utilizando UPGMA e o critério de corte de 80% da distância genética total, permitiu a formação de nove grupos distintos. Esses grupos apresentaram divergência genética média superior a 60%. A maior média de distância ocorreu entre o grupo I e os demais, com 67%. A avaliação por marcadores moleculares RAPD forneceu uma identificação direta da variação genética dos genótipos e, neste sentido, novos cruzamentos para produção de híbridos específicos poderão ser gerados, aumentando, assim, a divergência genética e a produtividade de derivados de madeira de qualidade superior para usos múltiplos em programas de melhoramento florestal. pt_BR
dc.description.abstract Molecular marker technology combined with the classic breeding techniques can contribute significantly to a basic understanding of the crop and character investigated and help generate and develop improved products. The objective of this work is to utilize RAPD markers to detect and maximize the genetic variability in eucalyptus genotypes, identifying crossings favorable to a forest breeding program, aiming at multiple use. A total of 44 natural hybrid genotypes of the Eucalyptus genus, planted in northwestern Minas Gerais was analyzed. The RAPD molecular markers presented efficient discriminating power among the 44 evaluated genotypes, determining an average genetic distance among them of 54% and genetic divergence ranging from 24 to 73%. This shows that there is a wide genetic basis among the individuals analyzed, allowing a manipulation of this material in breeding programs. The genetic distance among the genotypes 5 and 9; 9 and 10; 9 and 19; 9 and 25; 9 and 33; 9 and 35; 9 and 36; 9 and 44; 10 and 33; 12 and 19; 12 and 33; 12 and 39 proved to be either greater or equal to 70%. Grouping analysis established by the UPGMA method, and the cut of 80% of the total genetic distance as a criterion allowed the formation of nine distinct groups. These groups presented an average genetic divergence superior to 60%. The highest mean of distance occurred between group I and the remaining groups, with 67%. The evaluation by RAPD molecular markers provided an indirect identification of the genetic variation of the genotypes and, in this sense, new crosses for the production of specific hybrids can be generated, increasing the genetic divergence and yield of wood products of superior quality for multiple uses in forest breeding programs. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.27,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.title Variações genéticas em populaçãoes de Eucalyptus spp. detectadas por meio de marcadores moleculares pt_BR
dc.title Genetic variations in Eucalyptus spp. genotypes detected by means of molecular markers pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v27_n3_p357-363_2003.pdf 1.174Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account