Biblioteca Florestal
Digital

Estimativas de área basal e uso do relascópio de bitterlich em amostragem de floresta estacional decidual

Show simple item record

dc.contributor.author Nascimento, André R. Terra
dc.contributor.author Scariot, Aldicir
dc.contributor.author Silva, José Alves da
dc.contributor.author Sevilha, Anderson C.
dc.date.accessioned 2014-10-29T16:59:01Z
dc.date.available 2014-10-29T16:59:01Z
dc.date.issued 2004
dc.identifier.citation NASCIMENTO, A. R. T. et al. Estimativas de área basal e uso do relascópio de bitterlich em amostragem de floresta estacional decidual. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 14, n. 2, p. 169-176, 2004. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12380
dc.description.abstract A Floresta Estacional Decidual da região nordeste de Goiás é um tipo de vegetação florestal do grande bioma Cerrado, que pode ocorrer em áreas de afloramento de calcário e, geralmente, apresenta maior biomassa de espécies arbóreas que a vegetação de cerrado adjacente. Este estudo foi desenvolvido em uma área de floresta intacta (Fazenda Flor Ermo) e em quatro áreas de floresta perturbada (Fazendas Formosa, Traçadal, Manguinha e Conçeição Mocambo). O objetivo foi estimar a área basal e a intensidade amostral utilizando o relascópio de Bitterlich em florestas deciduais. A área basal foi de 29,3 m2/ha na floresta intacta e de 23 a 24 m2/ha nas perturbadas. As florestas com perturbação acentuada apresentaram curvas de distribuição do desvio padrão dos pontos de amostragem com pequena variação comparada com a curvas das áreas com baixo nível de perturbação. Para um limite de confiança de 95 % de probabilidade de confiança para a estimativa da média, 20 unidades amostrais com o relascópio podem ser suficientes para amostrar satisfatoriamente a área basal nesse tipo de vegetação. pt_BR
dc.description.abstract The Deciduous Seasonal Forest of the Northeast region of the state of Goiás is one of the few types of forest formations in the Cerrado biome, which may occur in areas of limestone outcrops. Generally it has a higher biomass of tree species than the contiguous cerrado. This study was carried out in an undisturbed area of forest (Flor Ermo Farm) and in others four areas of disturbed forests: Formosa, Traçadal, Manguinha and Conceição Mocambo Farm. The study aimed to estimate the basal area and the sampling intensity needed to use Bitterlich ́s relascope in the deciduous forests. Estimates of basal area of the plots ranged from 23 to 24 m2/ha in the disturbed forests up to a maximum of 29.3 m2/ha in the undisturbed one. Forests with high disturbance showed very small variation of the standard deviation curve for the sampled points when compared to the area with low disturbance level. For a confidence level of 95% estimate of the mean, 20 sampling points with the relascope can be enough to sample the basal area in this kind of vegetation. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.14,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Estimativas de área basal e uso do relascópio de bitterlich em amostragem de floresta estacional decidual pt_BR
dc.title Estimates of basal area and the use of bitterlich ́s relascope for sampling seasonal deciduous forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciência_Florestal_v14_n2_p169-176_2004.pdf 260.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account