Biblioteca Florestal
Digital

Comparação de diferentes métodos de amostragem, de área fixa e variável, em uma floresta de Araucaria angustifolia

Show simple item record

dc.contributor.author Moscovich, Fabio Abel
dc.contributor.author Brena, Doádi Antônio
dc.contributor.author Longhi, Solon Jonas
dc.date.accessioned 2014-10-27T10:33:48Z
dc.date.available 2014-10-27T10:33:48Z
dc.date.issued 1999
dc.identifier.citation MOSCOVICH, F. A.; BRENA, D. A.; LONGHI, S. J. Comparação de diferentes métodos de amostragem, de área fixa e variável, em uma floresta de Araucaria angustifolia. Ciência Florestal, Santa Maria, v.9, n.1, p.173-191. 1999. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12198
dc.description.abstract Este trabalho foi desenvolvido em uma Floresta de Araucaria angustifolia pertencente à Floresta Nacional de São Francisco de Paula, RS. O objetivo foi comparar quatro métodos de amostragem de área variável (Strand, Prodan, Quadrantes e Bitterlich) com o método de Área Fixa e determinar a eficiência de cada um deles nas estimativas dos parâmetros quantitativos (volume comercial com casca, número de árvores e área basal) e qualitativos (abrangência das espécies) da população. Realizou-se o inventário de um hectare considerando todas as árvores com circunferência altura do peito (CAP) 2 30 cm. Estas foram identificadas e medidas suas alturas totais e comerciais. O método de Área Fixa adotado foi o de faixas corn 100 m de comprimento e 10 m de largura (10 faixas contíguas). Para os métodos de Prodan, Quadrantes e Bitterlich foram realizados 25 pontos amostrais distribuídos sistematicamente a cada 20 m e do método de Strand realizou-se 30 linhas de amostragem de 15,7 m de comprimento. Pela análise de variância, verificou-se que os distintos métodos não apresentaram diferenças significativas na estimativa do volume, área basal e número de árvores por hectare. Encontrou-se diferença significativa no número de espécies amostradas, sendo o método de Área Fixa o que apresentou maior média. Com os tempos tomados e os coeficientes de variação encontrados para cada estimativa foi calculada a eficiência relativa, onde verificou-se que, o método de Strand foi sempre superior aos demais métodos na estimação de todos os parâmetros. Em contraposição, o método dos Quadrantes foi o que apresentou a menor eficiência relativa na estimação de todos os parâmetros. Palavras-chave Métodos de Amostragem, Floresta de Araucaria angustífolía, Inventário Florestal. pt_BR
dc.description.abstract This research was carried out in a Araucaria angustífolia Forest which belongs to The National Forest of São Francisco de Paula, RS. Its purpose was to compare four sampling methods of variable areas (Strand, Prodan, Quadrant and Bitterlich) with the method of Fixed Area Plot; and determining the efficiency of each method in the estimation of quantitative parameters (commercial out bark volume, number of trees and basal area), and qualitative ones (ocurring species) of the population. The inventory of a hectare tract of forest was done considering all the trees with a breast height circumference (CAP) 2 30 cm. These trees were identified and their total commercial heights were measured. The Fixed Area Method adopted was the one with strips of 100 m of length and 10 m of width (lO contiguous strips of land). For the Prodan, Quadrant and Bitterlich methods, 25 points were established systematically distributed along 20 m and in the Strand Method 30 contiguous lines of 15,7 m of length. Through analysis of variance, it was observed that theses methods did not show significant differences in term of volume estimation, basal area and number of trees. A significant difference was found for the number of ocurring species, being the Fixed Area Method the one that showed the highest average, differing from the other methods. After writing down the time and finding the coefficient of variation for each estimation, the relative efficiency, the result was that the Strand Method was always superior to the others in estimation of all parameters. On the other hand, the Quadrant Method showed the lowest relative efficiency in the parameters estimation. pt_BR
dc.format 19 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.09,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Comparação de diferentes métodos de amostragem, de área fixa e variável, em uma floresta de Araucaria angustifolia pt_BR
dc.title Comparasion of different sampling methods, of fixed and variable areas, in Araucaria angustifolia forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v9_n1_p173-191_1999.pdf 1.146Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódicos

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account