Biblioteca Florestal
Digital

Caracterização e uso de madeiras de galhos de árvores provenientes da arborização de Brasília, DF

Show simple item record

dc.contributor.author Vale, Ailton Teixeira do
dc.contributor.author Sarmento, Thaise Rachel
dc.contributor.author Almeida, Alexandre Nascimento
dc.date.accessioned 2014-10-22T10:00:42Z
dc.date.available 2014-10-22T10:00:42Z
dc.date.issued 2005
dc.identifier.citation VALE, A. T. et al. Caracterização e uso de madeiras de galhos de árvores provenientes da arborização de Brasília, DF. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 15, n. 4, p. 411-420. 2005. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12095
dc.description.abstract Este trabalho objetivou a caracterização da madeira de galhos provenientes de poda de árvores da arborização de Brasília e constou da investigação da possibilidade de seu uso como lenha e carvão vegetal. Foram estudadas 12 espécies de maior presença na arborização de Brasília. As espécies Persea americana, Spathodea campanulata, Ficus sp, Chorisia speciosa e Ochroma pyramidale foram caracterizadas como madeiras moles, com massa específica abaixo de 0,44 g/cm 3 . Caesalpinea leiostachya, com 0,73 g/cm 3 caracterizou-se como madeira dura e Pterogyne nitens, Peltophorum dubium, Mangifera indica, Syzygium jambolana, Ligustrum lucidum e Paquira aquática, com valores entre 0,5 e 0,7 g/cm 3 estão no grupo das madeiras moderadamente duras. As espécies: Caesalpinea leiostachya, Syzygium jambolana, Ligustrum lucidum e Peltophorum dubium apresentaram os maiores valores para contração volumétrica, entre 13 e 15,5%, enquanto os menores valores foram encontrados para Ficus sp. e M. indica com, respectivamente, 6,70 e 7,41%. Uma característica favorável para o uso da madeira para produção energética é a maior quantidade de massa por unidade de volume, dessa forma, as espécies de maiores massas específicas seriam as mais indicadas. As demais espécies poderiam ser transformadas em briquetes, aumentando assim a quantidade de calor por unidade volumétrica. Outros usos seriam como: composto orgânico (compostagem) e para a confecção de pequenos objetos (cinzeiros, cabos de ferramentas, enfeites, porta-jóias). pt_BR
dc.description.abstract This work had as its principal objective the characterization of branches coming from tree pruning for use as fire wood and charcoal. There were studied twelve species of the lity of Brazilia urban trees. The specie Persea americana, Spathodea campanulata, Ficus sp, Chorisia speciosa and Ochoma pyramidale with density below 0.44 g/cm 3 , were classified as soft wood. Caesalpinea leiostachya, with 0.73 g/cm 3 was classified as hard wood and Pterogyne nitens, Peltophorum dubium, Mangifera indica, Syzygium jambolana, Ligustrum lucidum and Paquira aquática, with specific gravity between 0.5 e 0.7 g/cm 3 were classified as intermediate hardness. Four species (C. leiostachya, S. jambolana, L.lucidum e P. dubium) showed larger contraction (between 13 and 15.5%) than Ficus sp. and M. indica with, respectively, 6.70% and 7.41%. The species with larger specific gravity are preferred for energy yield. On the other hand, species with lowersmall specific gravity, can be utilized for briquet, organic compositing and small wood objects. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.15,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Caracterização e uso de madeiras de galhos de árvores provenientes da arborização de Brasília, DF pt_BR
dc.title Wood branches characterization and use of the lity of Brazilia urban trees pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v15_n4_p411-420_2005.pdf 167.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account