Biblioteca Florestal
Digital

Método alternativo para estudar a fauna do solo

Show simple item record

dc.contributor.author Antoniolli, Zaida Inês
dc.contributor.author Conceição, Paulo Cesar
dc.contributor.author Böck, Valídio
dc.contributor.author Port, Odair
dc.contributor.author Silva, Danni Maisa da
dc.contributor.author Silva, Rodrigo Ferreira da
dc.date.accessioned 2014-10-10T12:18:03Z
dc.date.available 2014-10-10T12:18:03Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation ANTONIOLLI, Z. I. et al. Método alternativo para estudar a fauna do solo. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 4, p. 407-417. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11919
dc.description.abstract Os levantamentos realizados sobre populações da fauna edáfica podem não mostrar diferenças de abundância de organismos por esbarrarem na dificuldade de instalação das armadilhas de coleta, rotineiramente utilizadas. Contudo, para uma maior praticidade de implantação e de determinação do nível populacional de organismos edáficos, foi avaliada uma metodologia alternativa à armadilha de Tretzel (modificada), o método Provid, para a coleta da fauna edáfica, proposto pelos autores deste trabalho. Os dois métodos foram instalados em nove diferentes áreas, com três repetições por método. As áreas diferiram quanto à localização, tipo de solo e cobertura vegetal. Os parâmetros avaliados para a população da fauna edáfica foram riqueza: abundância e índice de diversidade de Simpson. Diferenças estatísticas significativas não foram encontradas para os dois métodos de coleta de organismos edáficos entre as nove áreas analisadas para os parâmetros avaliados. Portanto, pode-se concluir que a metodologia de coleta da fauna edáfica pelo método Provid pode ser utilizada de uma forma tão eficiente quanto à armadilha de Tretzel modificada. O método Provid é prático e fácil de usar. pt_BR
dc.description.abstract Study of soil organisms population may not detect differences of organisms number due to the difficulty of pitfall installation methods routinely used. However, to a better practice and determination of population level of soil organisms, it was evaluated an alternative methodology to the pitfall Tretzel (modified). The method is called Provid, for the collection of the soil organisms, proposed by the authors of this work. The two methods were installed in nine different areas, with three replication for each method. The areas differed in terms of location, soil type and vegetable covering. The appraised parameters were richeness, abundance and Simpson ́s index. As results, it was not found significant statistical differences for the two methods of collection of organism ́s edaphios among the nine analyzed areas, for the appraised parameters. Therefore, that the methodology of collection of the soil organisms for the Provid method can be used as efficient as the pitfall Tretzel modified method. The Provid method is practical and easy to be managed. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.16,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Manejo da fauna silvestre pt_BR
dc.title Método alternativo para estudar a fauna do solo pt_BR
dc.title Alternative method to study soil edaphic fauna pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v16_n4_p407-417_2006.pdf 169.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account