Biblioteca Florestal
Digital

Qualidade fisiológica de sementes de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze submetidas a diferentes condições de armazenamento e a escarificação

Show simple item record

dc.contributor.author Caçola, Álvaro Valente
dc.contributor.author Amarante, Cassandro Vidal Talamini do
dc.contributor.author Fleig, Frederico Dimas
dc.contributor.author Mota, Clenilso Sehnen
dc.date.accessioned 2014-10-10T12:11:22Z
dc.date.available 2014-10-10T12:11:22Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation CAÇOLA, A. V. et al. Qualidade fisiológica de sementes de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze submetidas a diferentes condições de armazenamento e a escarificação. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 4, p. 391-398. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11917
dc.description.abstract As sementes de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze (pinheiro-do-Paraná) são recalcitrantes e, portanto, perdem rapidamente a viabilidade após a colheita, o que dificulta a sua utilização na produção de mudas. Este trabalho teve como objetivos avaliar os efeitos do tempo de armazenamento refrigerado, do método de conservação e da escarificação na germinação e vigor das sementes de Araucaria angustifolia. As sementes foram submetidas a 0, 60, 120 e 180 dias de armazenamento refrigerado (0-1 o C/90-95% de UR), em condições de ar normal (AN), atmosfera modificada (AM) e atmosfera controlada (AC). Em cada período de remoção da câmara fria, as sementes foram escarificadas (pelo do corte de uma pequena parte da ponta do tegumento, sem danificar o endosperma) ou não, e colocadas para germinar em condições controladas de câmara de crescimento, em bandejas contendo vermiculita, durante 60 dias. O trabalho seguiu o delineamento inteiramente casualizado, segundo um fatorial 4 x 3 x 2, correspondendo a quatro tempos de armazenamento (0, 60, 120 e 180 dias), três métodos de conservação (AN, AM e AC), com e sem escarificação, com quatro repetições. Foi observada a manutenção da qualidade fisiológica de sementes de Araucaria angustifolia armazenadas sob diferentes métodos de conservação, em condições de refrigeração, durante o período de até 180 dias. No entanto, a velocidade da germinação e o crescimento inicial das plântulas foi maior em sementes armazenadas em câmara refrigerada durante 60 dias do que em sementes utilizadas imediatamente após a colheita ou armazenadas durante períodos maiores de tempo, de 120-180 dias. O armazenamento de sementes em condições de AN, acondicionadas em embalagem perfurada, mostrou-se igual ou ligeiramente superior aos métodos de armazenamento em AM e AC na preservação da qualidade das sementes. A escarificação das sementes após o armazenamento refrigerado aumentou o vigor e promoveu o crescimento inicial de plântulas de Araucaria angustifolia. pt_BR
dc.description.abstract The seeds of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze are recalcitrants and, therefore, they lose rapidly the viability after the harvest, limiting their use for nursery production of seedlings. This work was carried out to investigate the effects of cold storage duration, conservation method, and escarification on germination and vigour of seeds of Araucaria angustifolia. The seeds were cold stored (0-1 o C/90-95% RH) for 0, 60, 120, and 180 days, under normal air condictions (NA), modified atmosphere (MA), and controlled atmosphere (CA) storage. For each cold storage duration, after removal from cold storage, the seeds were submitted or not to scarification (by cutting a small portion of the apical seed tegument, avoiding the damage of the endosperm), letting the germinate in a chamber with controlled environment, in plastic trays filled with vermiculite, for 60 days. The experiment followed the completely randomized factorial design (4x3x2), with four cold storage durations (0, 60, 120, and 180 days), three storage methods (NA, MA, and CA), with or without escarification, and four replicates. There was a good preservation of physiological quality for seeds submitted to different conservation methods in cold storage along the 180-day period. However, there was a faster germination and initial growth of seedlings for seeds left in cold storage for 60 days than in seeds assessed at harvest or left in cold storage for 120-180 days. The NA storage of seeds in perfurated plastic bags was as efficient as MA and CA storage to preserve seeds quality. Seeds scarification increased vigor and promoted seedlings initial growth of Araucaria angustifolia after being removed from cold storage. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.16,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sementes florestais pt_BR
dc.title Qualidade fisiológica de sementes de Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze submetidas a diferentes condições de armazenamento e a escarificação pt_BR
dc.title Physiological quality of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze seeds submitted to different storage conditions and escarification pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v16_n4_p391-398_2006.pdf 171.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account