Biblioteca Florestal
Digital

Oxidação fenólica, tipo de explante e meios de cultura no estabelecimento in vitro de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.)

Show simple item record

dc.contributor.author Bassan, Josiana Scherer
dc.contributor.author Reiniger, Lia Rejane Silveira
dc.contributor.author Rocha, Beatriz Helena Gomes
dc.contributor.author Severo, Cássia Rejane Peiche
dc.contributor.author Flôres, Andressa Vasconcelos
dc.date.accessioned 2014-10-10T12:09:02Z
dc.date.available 2014-10-10T12:09:02Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation BASSAN, J. S. et al. Oxidação fenólica, tipo de explante e meios de cultura no estabelecimento in vitro de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.). Ciência Florestal, Santa Maria, v. 16, n. 4, p. 381-390. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11916
dc.description.abstract A canafístula, Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. é uma espécie florestal nativa e com ampla dispersão geográfica, desempenhando um papel pioneiro nas áreas abertas, em capoeiras e matas degradadas. Apresenta um rápido crescimento e se adapta facilmente, sendo muito recomendada para reflorestamento homogêneo. A madeira é utilizada em construções civis, indústria de móveis, construção naval e militar. A micropropagação é uma técnica utilizada com bastante sucesso, apresentando, entre outras vantagens, um rápido aumento no número de plantas geneticamente idênticas partindo de plantas selecionadas. Os objetivos do trabalho são avaliar a influência da luz no controle da oxidação fenólica dos explantes de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.), determinar o meio nutritivo e o tipo de explante mais adequado para o estabelecimento in vitro de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.). Foram realizados dois experimentos. No primeiro, ápices caulinares foram cultivados em meio base MS a 25 ± 3°C, por 7 dias no escuro e, posteriormente, sob fotoperíodo de 16 horas de luz e intensidade luminosa de 20 μmol.m 2 .s -1 , fornecida por lâmpada fluorescente branca durante 21 dias ou permaneceram na câmara de crescimento com exposição à luz durante todo o experimento. Foi empregado o delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições contendo quatro unidades experimentais (UE). A oxidação fenólica foi observada após 21 dias de cultivo. Não ocorreu oxidação fenólica em nenhum dos tratamentos analisados. No segundo experimento, ápices caulinares e segmentos nodais foram cultivados em meio base MS e meio WPM. Os explantes foram mantidos em sala de crescimento com fotoperíodo de 16 horas de luz e intensidade luminosa de 20 μmol.m 2 .s -1 , fornecidas por lâmpada fluorescente branca fria e temperatura de 25 ± 3°C. A UE foi composta por um frasco de vidro de 150 mL contendo 30 mL de meio nutritivo e um explante. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2 (meio nutritivo e tipo de explante) com cinco repetições por tratamento, cada repetição consistindo de quatro UE. Aos 49 dias de cultivo avaliaram-se as seguintes variáveis: sobrevivência, estabelecimento, presença de raiz, presença de calos, número de nós, número de folhas e altura da parte aérea (mm). Os dados de presença de raiz, presença de calo, sobrevivência e estabelecimento foram analisados pelo teste qui-quadrado. As demais variáveis foram submetidas à análise de variância. Neste experimento, o meio base MS é mais eficiente que o WPM no estabelecimento in vitro de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.). Não existem diferenças entre a utilização dos explantes ápice caulinar e segmento nodal. pt_BR
dc.description.abstract Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. is a heliopylous, a native forest species with wide geografic dispersion, occuping a pioneer role in open areas, hencoops and degradated woods. Showing a fast growth, it adapts easily and it is highly recommended for homogeneous reforest. The timber is used in industrial furniture, civilian, naval and military constructions. The micropropagation is a technique used succesfully, allowing a fast increase of the number of plants genetically identical considering the superior types. The work’s objectives are: to evaluate the effect of the light on phenolic oxydation and to determinate the most appropriate nutritive medium and type of explant for in vitro establishment of Peltophorum dubium. Two experiments were accomplished. In the first one, apical segments were cultivated in MS base medium at 25±3°C, during seven days in the dark; after that, they remained in the presence of light (photoperiod of 16h) for 14 days. In the other treatment, the explants stayed under light during the whole experiment (21 days). Completely random design with five replicates and four experimental units (EU) were used. Phenolic oxydation did not occur in any of the analyzed treatments. In the second assay, apical segments and nodal segments were cultivated in MS base medium and WPM medium. The explants stayed in the growth room during 16h of photoperiod and luminous intensity of 20 μmol.m 2 .s -1 , supplied with cool white fluorescent lamps, at 25±3°C. The EU was composed by one 150mL flask with 30mL of nutritive medium and one explant. Completely random design with factorial outline 2 x 2 (nutritive medium and type of explant) and five replicates by treatment, each replicate with four EU, were used. After 49 days, the following elements were evaluated: survival, establishment, root presence, calli presence, numbers of nodes, number of leaves and shoot height (mm). The data of survival, establishment, root presence and calli presence were analyzed for qui-quadrado test. The other variables were submitted to variance analysis. In this experiment, MS base medium is more efficient than WPM medium in the in vitro establishment of Peltophorum dubium. There are no statistical differences among apical segment and nodal segment. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.16,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Oxidação fenólica, tipo de explante e meios de cultura no estabelecimento in vitro de canafístula (Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.) pt_BR
dc.title Phenolic oxydation, type of explant and nutritive media in Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.’s in vitro establishment pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v16_n4_p381-390_2006.pdf 186.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account