Biblioteca Florestal
Digital

Caracterização genética de Calophyllum brasiliense Camb. em duas populações de mata ciliar

Show simple item record

dc.contributor.author Botrel, Maria Carolina Gaspar
dc.contributor.author Souza, Anderson Marcos de
dc.contributor.author Carvalho, Dulcinéia de
dc.contributor.author Pinto, Sheila Isabel do Carmo
dc.contributor.author Moura, Márcia Cristina de Oliveira
dc.contributor.author Estopa, Regiane Abjaud
dc.date.accessioned 2014-10-08T11:15:17Z
dc.date.available 2014-10-08T11:15:17Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation BOTREL, M. C. G. et al. Caracterização genética de Calophyllum brasiliense Camb. em duas populações de mata ciliar. Revista Árvore, Viçosa, v. 30, n. 5, p. 821-827, 2006. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11838
dc.description.abstract Calophyllum brasiliense Camb. é uma espécie predominante de áreas com alta saturação hídrica, sendo comum nos ambientes cilares do sul de Minas Gerais. Com o intuito de se estudar a variabilidade genética dessa espécie, 20 indivíduos reprodutivos de C. brasiliense foram amostrados de duas populações localizadas a montante do Reservatório Hidroelétrico do Funil, localizado no Município de Lavras,MG. A análise de eletroforese isoenzimática permitiu a obtenção de 17 alelos, distribuídos entre oito locos, sendo estes representados em cinco sistemas enzimáticos: α-esterase, β-esterase, fosfatase ácida, glutamato oxalacetato, malato desidrogenase e transaminase. Os índices de diversidade revelaram um baixo número de alelos por loco em ambas as populações (1,75 e 1,50). A porcentagem de locos polimórficos (P) foi de 37,5% e 50% nas populações I e II, respectivamente. A heterozigosidade média observada foi de 0,119 e 0,111 e a esperada, de 0,131 e 0,112. O número de migrantes ( ) encontrado entre as populações foi de 2,70. O tamanho efetivo estimado foi de 18 indivíduos para a população I e 19 para a II. pt_BR
dc.description.abstract Calophyllum brasiliense Camb. is a predominant species in areas with high water saturation such as the riparian forests in southern Minas Gerais State. The objective of this research was to study the genetic variability of C. brasiliense populations. Twenty individuals were sampled from two populations located in Funil Dam in Lavras-MG. Isozyme eletrophoresis analysis provided evidence of 17 alleles distributed in 8 loci, which were represented in five enzymatic systems: α -esterase, β esterase, acid phosphatase, malate dehydrogenase and transaminase oxalacetatum glutamate. The diversity indexes showed a low number of alleles per loci in both populations, pop I (1.75) and pop II (1.50). The polymorphic loci percentage (P) were 37.5% and 50% in populations I and II respectively. The mean heterozygosities were 0.119 and 0.111, while the expected was 0.131 and 0.112. The number of migrants ( ) between populations was 2.70. The estimated effective size was 18 individuals for population I, and 19 for population II. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.30,n.5;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.title Caracterização genética de Calophyllum brasiliense Camb. em duas populações de mata ciliar pt_BR
dc.title Genetic characterization of Calophyllum brasiliense Camb. in two populations of riparian forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v30_n5_p821-827_2006.pdf 300.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account