Biblioteca Florestal
Digital

Investigação de possíveis obstruções sílico-aluminosas em tecidos condutores em Pinus caribaea var. Hondurensis relacionadas à senescência e morte de plantas

Show simple item record

dc.contributor.author Vasconcelos, Lucélia Parreira
dc.contributor.author Correa, Gilberto Fernandes
dc.contributor.author Coelho, Lísias
dc.date.accessioned 2014-09-23T11:42:47Z
dc.date.available 2014-09-23T11:42:47Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.citation VASCONCELOS, L. P; CORREA, G. F; COELHO, L. Investigação de possíveis obstruções sílico-aluminosas em tecidos condutores em Pinus caribaea var. Hondurensis relacionadas à senescência e morte de plantas. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n. 3, p. 627-632, Edição Especial. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11338
dc.description.abstract Com base na hipótese de que polímeros associados a silício (Si) estariam obstruindo traqueídeos, e assim contribuindo para um colapso nutricional de maciços florestais de Pinus caribaea, tropicais em áreas de cerrado, nos chapadões das regiões do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba (MG), foi desenvolvido este trabalho. Estudos precedentes mostraram uma relação estreita deste quadro fisiológico com deficiências nutricionais. Sabe-se, no entanto, que as sementes usadas na implantação desses maciços apresentavam grande variabilidade genética bem expressa na diversidade de comportamento das plantas, uma vez que parte delas permanece sadia enquanto outras entram em processo de senescência de intensidade variável, culminando com a morte da planta. Neste estudo, foram amostrados segmentos de raízes e do ponteiro de plantas aparentemente normais (acículas verdes), em diferentes estágios de senescência (acículas amareladas) e mortas. Essas amostras, após secagem até o ponto crítico, foram observadas em um microscópio eletrônico de varredura acoplado de uma microssonda de raios-X. Constatou-se a presença de Si e Al nos tecidos do xilema e do floema, tanto na parte aérea quanto nas raízes, e os maiores teores foram encontrados no xilema das raízes. Todavia, não foi constatada obstrução ou qualquer presença de corpos sílico-aluminosos nos tecidos condutores das partes analisadas. Verificou-se, no entanto, que a presença de Si em associação ao Al ocorreu segundo uma relação Al/Si da ordem de 2,6. Os dados revelaram ainda que a amplitude de variação do Si é de 1,5 vez maior que a do Al. Concluiu-se que a amplitude de variação do Si é maior que a do Al, estabelecendo uma relação de variação (Si-Al). pt_BR
dc.description.abstract This work was carried out based on the hypothesis that polymers associated with silicone (Si) would be obstructing tracheid, therefore contributing to a nutritional collapse of Pinus caribaea forest bulks, in the Triângulo Mineiro and Alto Paranaíba (MG) plains. Previous studies showed a narrow relationship between these physiologic patterns with nutritional deficiencies. However, it is known that seeds used in the establishment of these bulks presented great genetic variability well expressed in diversity of plant behavior, inasmuch as part of them remains healthy and the others start a changeable intensity senescence, which ends up in the death of the plant. In this study, it was sampled segments of root and apical shoots of apparently normal (green needles) plants at different senescence stages (yellow needles) and dead plants. Those samples, after being dried until critical point, were observed by scanning electron microscope coupled to an X-ray microprobe. It was noted the presence of Si and Al in xylem and phloem tissues in the aerial section as well as in the roots, and the greatest contents were found in xylem of the plants. However, it was not observed any obstruction or any presence of Si-Al bodies in the conducting tissues of the analyzed parts. But, it was observed that the presence of Si associated to Al occurred according to a 2.6 order Al/Si ratio. Data also revealed that Si variation amplitude is 1.5 times greater than the Al variation amplitude. It concluded that Si variation amplitude is greater than the one of Al, which establishes a variation relationship (Si-Al). pt_BR
dc.format 06 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.35,n.3, Edição Especial;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Investigação de possíveis obstruções sílico-aluminosas em tecidos condutores em Pinus caribaea var. Hondurensis relacionadas à senescência e morte de plantas pt_BR
dc.title Investigation of possible silicon-aluminium obstructions in the vascular bundle in Pinus caribaea var. Hondurensis related to plant senescence and death pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Arvore_ ... Especial_p627-632_2011.pdf 286.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Artigo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account