Biblioteca Florestal
Digital

Relações solo-geoambiente em áreas de ocorrência de ipucas na planície do médio Araguaia – estado de Tocantins

Show simple item record

dc.contributor.author Martins, Alan Kardec Elias
dc.contributor.author Schaefer, Carlos Ernesto G. R.
dc.contributor.author Silva, Elias
dc.contributor.author Soares, Vicente Paulo
dc.contributor.author Corrêa, Guilherme Resende
dc.contributor.author Mendonça, Bruno Araújo Furtado de
dc.date.accessioned 2014-09-22T19:07:00Z
dc.date.available 2014-09-22T19:07:00Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation MARTINS, A. K. E. et al. Relações solo-geoambiente em áreas de ocorrência de ipucas na planície do médio Araguaia – estado de Tocantins. Revista Árvore, Viçosa, v. 30, n. 2, p. 297-310, 2006. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11281
dc.description.abstract Dentre as paisagens do médio rio Araguaia, destacam-se as extensas planícies e depressões sazonalmente alagadas. Nelas se inserem formações florestais higrófilas denominadas Ipucas, como enclaves peculiares pela sua fitossociologia e ambiente pedogeomorfológico. Esses fragmentos florestais naturais ocorrem na planície fluvial, em região de ecótono entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. Neste estudo, foi selecionada uma área de 8.200 ha, situada no Município de Lagoa da Confusão, TO, sendo caracterizados nove perfis de solos em diferentes pedoambientes e suas inter-relações nas paisagens da planície do Araguaia, com ênfase nas áreas de Ipucas. Os pedoambientes apresentam grande diversidade, com amplo domínio de solos gleizados, pobres em nutrientes e com plintita em subsuperfície, com teores variáveis de carbono orgânico. Excetuando as áreas de calcário aflorante na borda elevada da planície, onde predominam Cambissolos Háplicos eutróficos com acentuada riqueza química, os solos predominantes no interior da planície do Médio Araguaia, dominantemente Plintossolos e Gleissolos, são acentuadamente pobres em nutrientes e ácidos, mesmo sob formações florestais de Ipucas. Nessas últimas, há um acúmulo de matéria orgânica pelo ambiente hidromórfico redutor e ácido. Por serem áreas extremamente frágeis a intervenções antrópicas, e pouco interligadas, as Ipucas devem ser consideradas áreas de preservação permanente, sendo estreitamente ligadas ao ciclo hidrológico da planície do Araguaia. pt_BR
dc.description.abstract Amongst the landscape features of Mid Araguaia river valley, there are vast coalesced floodplains and waterlogging depressions, all seasonally inundated. There, scattered forest fragments are found, being regionally called ‘Ipucas’, with peculiar floristic and geomorphic features. These forest fragments are elements of the natural transition zone (ecotone) between Amazonia Forest and Cerrado. We selected an area of approximately 8.200 ha in the municipality of ‘Lagoa da Confusão’, for detailed studies of nine soil profiles. All pedoenvironments were characterized, with emphasis on the Ipucas and their ecological relationships. There is a dominance of nutrient-depleted soils, most with gleying and plinthite, with varying amounts of organic carbon. Except for the Eutrophic Haplic Cambisols on calcareous substrate from the elevated border, all soils from the floodplain (Dystrophic Plinthosols and Gleysols) are acid and nutrient-poor, even under ‘Ipucas’ forest formation. In the Ipucas, organic matter accumulates due to acid-reducing condition, being extremely fragile to human intervention. For this reason, and considering the low degree of connection between forest fragments, Ipucas should be considered as permanent protected areas, being closely related to the overall hydrological cycle of the Araguaia floodplain. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.30,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Relações solo-geoambiente em áreas de ocorrência de ipucas na planície do médio Araguaia – estado de Tocantins pt_BR
dc.title Soil-geoenvironment relationships in the ipucas region of the mid-araguaia floodplain, Tocantins state, Southern Amazonia pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v30_n2_p297-310_2006.pdf 564.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account