Biblioteca Florestal
Digital

Aplicação do indíce de transformação antrópica na análise multitemporal da Bacia do Córrego do Bezerro Vermelho em Tangará da Serra-MT

Show simple item record

dc.contributor.author Gouveia, Rogerio Gonçalves Lacerda de
dc.contributor.author Galvanin, Edinéia Aparecida dos Santos
dc.contributor.author Neves, Sandra Mara Alves da Silva
dc.date.accessioned 2014-09-22T17:57:26Z
dc.date.available 2014-09-22T17:57:26Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation GOUVEIA, R. G. L.; GALVANIN, E. A. S.; NEVES, S. M. A. S. Aplicação do indíce de transformação antrópica na análise multitemporal da Bacia do Córrego do Bezerro Vermelho em Tangará da Serra-MT. Revista Árvore, Viçosa, v.37, n.6, p.1045-1054. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11244
dc.description.abstract Os objetivos deste trabalho foram identificar e quantificar o uso da terra na Bacia Hidrográfica do Córrego do Bezerro Vermelho no Município de Tangará da Serra, MT, por meio das imagens Landsat TM dos anos 1984 e 2011. As imagens foram georreferenciadas, classificadas e processadas no software Spring e as classes temáticas, quantificadas e editadas no software Arcgis. O grau de antropização foi verificado através do Índice de Transformação Antrópica. Foram identificadas cinco classes, cobertura florestal, vegetação secundária, agricultura, pastagem e lâmina de água. Os resultados indicaram diminuição nos percentuais das classes: de 35,35% na cobertura florestal, de 11,78% em pastagens e de 100% na vegetação secundária, decréscimos esses relacionados ao aumento de 248,75% da agricultura. Portanto, este trabalho evidenciou alteração drástica da paisagem e, por meio do Índice de Transformação Antrópica, verificou-se aumento de 4,75 para 5,88 entre os anos 1984 e 2011, ou seja, a área de estudo encontrava-se na classe regular e passou a ser degradada, fato esse decorrente, sobretudo, das atividades antrópicas, associadas à expansão da agricultura. pt_BR
dc.description.abstract This paper describes the identification and quantification of land use changes in the Córrego do Bezerro Vermelho basin, Tangará da Serra, MT, using Landsat images from 1984 and 2011. Images were geo-referenced, classified, and processed by Spring software, and thematic classes were edited and quantified using ArcGis software. The Anthropic Transformation Index was applied to determine the degree of anthropization of the creek. Five classes were identified: forest cover, secondary vegetation, agriculture, pasture, and water bodies. The results indicated a decrease in the class percentiles: 35.35% of forest cover; 11,78% of pastures; and 100% of secondary vegetation, all related to a 248.75% increase in agriculture. The findings of this study indicated that the landscape was drastically altered due to an increase in the Anthropic Transformation Index from 4,75 to 5.88 between 1984 and 2011. Thus, the creek, which that was classified as a regular class in 1984, passed to a degraded class in 2011, due to anthropogenic activities associated with agricultural expansion. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.37,n.6;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Manejo de bacias hidrográficas pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Geoprocessamento e sensoriamento remoto pt_BR
dc.title Aplicação do indíce de transformação antrópica na análise multitemporal da Bacia do Córrego do Bezerro Vermelho em Tangará da Serra-MT pt_BR
dc.title Application of anthropic transformation index for multitemporal analysis of the Córrego do Bezerro Vermelho Basin Tangará da Serra-MT pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Árvore_v37_n6_p1045-1054_2013.pdf 390.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account