Biblioteca Florestal
Digital

Comparando metodologias para avaliar a cobertura do dossel e a luminosidade no sub-bosque de um reflorestamento e uma floresta madura

Show simple item record

dc.contributor.author Suganuma, Márcio Seiji
dc.contributor.author Torezan, José Marcelo Domingues
dc.contributor.author Cavalheiro, Alba Lúcia
dc.contributor.author Vanzela, André Luís Laforga
dc.contributor.author Benato, Táis
dc.date.accessioned 2014-09-22T14:18:33Z
dc.date.available 2014-09-22T14:18:33Z
dc.date.issued 2008
dc.identifier.citation SUGANUMA, M. S. et al. Comparando metodologias para avaliar a cobertura do dossel e a luminosidade no sub-bosque de um reflorestamento e uma floresta madura. Revista Árvore, Viçosa, v.32, n.2, p.377-385. 2008. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11220
dc.description.abstract Os objetivos deste trabalho foram: (1) registrar as vantagens e desvantagens de cinco metodologias utilizadas para avaliar a cobertura do dossel (interpretação de ecounidades, densiômetro esférico, fotografia hemisférica com lente de 8 mm e fotografia digital com lente de 32 mm) e a quantidade de luz que o atravessa (luxímetro e fotografia hemisférica com lente de 8 mm); e (2) comparar a estrutura do dossel de um reflorestamento e de um fragmento de Floresta Estacional Semidecídual no norte do Paraná. A classificação em ecounidades é uma metodologia rápida e barata, mas com baixa reprodutibilidade. O densiômetro produz medidas rápidas e confiáveis, e o luxímetro e a fotografia com lente de 32 mm forneceram dados com pouca precisão, pois são sensíveis a pequenas variações do dossel, e a fotografia com lente de 8 mm é uma metodologia rápida e de alta precisão, mas apresenta alto custo. Analisando-se a estrutura do dossel, não houve diferenças significativas entre o densiômetro e a fotografia em 8 mm em nenhum dos dois ambientes; a fotografia em 32 mm apresentou resultados diferentes, com grande variação nas médias, indicando alta sensibilidade a pequenas alterações no dossel. Na avaliação da quantidade de luz que penetra no sub-bosque, o luxímetro e a lente de 8 mm foram diferentes. Todas as metodologias apresentaram diferenças entre a floresta madura e o reflorestamento. pt_BR
dc.description.abstract The objectives of this work were: (1) to investigate the efficiency, advantages and disadvantages of five methodologies to evaluate canopy structure (eco-unit interpretation, spherical densiometer, hemispheric photography with 8 mm lens and digital photography with 32 mm lens) and the amount of light crossing it (using light meter and hemispheric photography with 8 mm lens) and (2) to compare the canopy structure of a reforestation area and a semideciduous forest fragment in northern Paraná. The classification of forest mosaic in eco-units is a fast and cheap methodology, but it lacks repeatability. Densiometer provides fast and reliable measurements, while light meter and 32 mm lens present data with little precision, being thus sensitive to small variations in the canopy; 8 mm lens is a fast and high precision methodology but expensive. No significant difference was found in the canopy cover estimates between densiometer and the 8 mm lens photography in either of the two sites, while 32 mm lens photography showed significantly different results and great mena variation, due to high sensitivity to the small alterations in the canopy. The luminosity evaluation showed significantly different light meter and 8 mm lens photography. All the methodologies showed significant differences between the mature forest and the reforestation area. pt_BR
dc.format 9 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.32,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Florestamento e reflorestamento pt_BR
dc.title Comparando metodologias para avaliar a cobertura do dossel e a luminosidade no sub-bosque de um reflorestamento e uma floresta madura pt_BR
dc.title Comparing methodologies to assess canopy cover and understorey light environment of a reforestation area and a mature forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Arvore_v32_n2_p377-385_2008.pdf 1.272Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account