Biblioteca Florestal
Digital

Eficiência das funções Weibull e Hiperbólica para descrição de distribuições diamétricas de povoamentos de Tectona grandis

Show simple item record

dc.contributor.author Binoti, Daniel Henrique Breda
dc.contributor.author Leite, Helio Garcia
dc.contributor.author Guimarães, Daniel Pereira
dc.contributor.author Silva, Mayra Luiza Marques da
dc.contributor.author Garcia, Silvana Lages Ribeiro
dc.contributor.author Fardin, Leonardo Pereira
dc.date.accessioned 2014-09-22T13:52:36Z
dc.date.available 2014-09-22T13:52:36Z
dc.date.issued 2011
dc.identifier.citation BINOTI, D. H. B. et al. Eficiência das funções Weibull e Hiperbólica para descrição de distribuições diamétricas de povoamentos de Tectona grandis. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n. 2, p. 299-306. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11212
dc.description.abstract As funções de densidade probabilidade Weibull e Hiperbólica foram comparadas quanto a eficiência de descrever a estrutura diamétrica de povoamentos de Teca (Tectona grandis L. f.) submetidas a desbaste. As duas funções com três e quatro parâmetros, foram ajustadas com dados de 98 parcelas permanentes, retangulares (490 m²), instaladas em um povoamento desbastado de Tectona grandis, no Estado do Mato Grosso e medidas durante 10 anos. Os ajustes foram feitos por Máxima Verossimilhança e a aderência foi avaliada pelo teste Kolmogorov-Smirnorv (α = 1%). Também foram comparadas a soma de quadrados dos resíduos (SQR) dos diferentes ajustamentos. Todas as funções apresentaram aderência aos dados pelo teste de Kolmogorov-Smirnorv (α = 1%). A função hiperbólica apresentou menor soma de quadrados de resíduos e menores valores para o teste de aderência. Foi possível concluir que a função hiperbólica foi mais eficiente para descrever a estrutura diametrica dos povoamentos estudados. pt_BR
dc.description.abstract The Weibull probability density functions and Hyperbolic were compared by efficiency for describing the diameter structure of teak stands (Tectona grandis L. f.) undergoing thinning. These functions with three and four parameters were adjusted using data from 98 permanent plots and rectangular (490 m²), located in thinning stand of Tectona grandis in the Brazilian state of Mato Grosso, being measured for 10 years. Adjustments were made by Maximum Likelihood and adherence was assessed by Kolmogorov-Smirnorv test (α = 1%) and also compared to the residual squares sum (RSS) of the various adjustments. All of the functions presented adherence to data by the Kolmogorov-Smirnorv test (α = 1%). The hyperbolic function had lower squares sum of waste and lower values for the adherence test. It was concluded that the hyperbolic function was more efficient to describe the diameter structure of the studied stands. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.35,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Eficiência das funções Weibull e Hiperbólica para descrição de distribuições diamétricas de povoamentos de Tectona grandis pt_BR
dc.title Efficiency of the Weibull and Hyperbolic functions for describing the diametric distributions of Tectona grandis stands pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Arvore_v35_n2_p299-306_2011.pdf 596.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Artigo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account