Biblioteca Florestal
Digital

Efeito da área e da produtividade na produção de celulose no Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Carvalho, Kaio Henrique Adame de
dc.contributor.author Silva, Márcio Lopes da
dc.contributor.author Soares, Naisy Silva
dc.date.accessioned 2014-09-17T16:34:18Z
dc.date.available 2014-09-17T16:34:18Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.citation CARVALHO, K. H. A; SILVA, M. L; SOARES, N. S. Efeito da área e da produtividade na produção de celulose no Brasil. Revista Árvore, Viçosa, v. 36, n. 06, p. 1119-1128. 2012. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/11097
dc.description.abstract O presente trabalho teve por objetivo estudar a evolução tecnológica da produção de madeira para celulose, para tanto, a produção de celulose de fibra curta derivada do eucalipto foi decomposta em efeito área e efeito produtividade. Para isso foi usado o modelo shift-share com o qual se verificou qual dessas duas variáveis mais contribuiu para a evolução na produção de celulose no país nos últimos anos. Foram avaliados os seguintes períodos: 1960 a 1970; 1970 a 1980; 1980 a 1990; 1990 a 2000; 2000 a 2007 e 1960 a 2007. No geral, foi observado que 1960 a 2007 o principal fator que explicou o crescimento da produção de celulose foi a produtividade, porém o valor baixo para o efeito área foi devido a sua expansão só ter começado na década de 90. Também foi observado que os reflorestamentos no Brasil são muito recentes quando comparado a outros países, mesmo assim o setor de celulose brasileiro conseguiu se tornar competitivo tanto no mercado nacional quanto no internacional. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this work was to study the technological production of pulpwood.Therefore, production of hardwood pulp derived from eucalyptus effect was broken down into area and productivity effects. For this purpose, we used the shift-share model with which was found that these two variables contributed most to the trend in pulp production in the country in recent years. The following periods were evaluated: 1960 to 1970; 1970 to 1980; 1980 to 1990; 1990 to 2000; 2000 to 2007 and 1960 to 2007. Overall, it was observed that from 1960 to 2007, the main factor that explained the growth of pulp production was the productivity, but the low value for the area effect was due to expansion that started only in the 1990s. We also found that the planted forests in Brazil are very recent when compared to other countries, although the Brazilian pulp industry has managed to become competitive in both within the country and abroad. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.36,n.6;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de celulose e papel pt_BR
dc.title Efeito da área e da produtividade na produção de celulose no Brasil pt_BR
dc.title Effect of area and productivity in pulp production in Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Árvore_v36_n6_p1119-1128_2012.pdf 317.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Artigo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account