Biblioteca Florestal
Digital

Utilização de guindaste na extração de madeira em região montanhosa

Show simple item record

dc.contributor.author Leite, Elton da Silva
dc.contributor.author Fernandes, Haroldo Carlos
dc.contributor.author Guedes, Ilvânio Luiz
dc.contributor.author Amaral, Edvaldes José do
dc.contributor.author Lacerda, Elcio das Graça
dc.date.accessioned 2014-09-09T12:03:26Z
dc.date.available 2014-09-09T12:03:26Z
dc.date.issued 2012
dc.identifier.citation LEITE, E. S. et al. Utilização de guindaste na extração de madeira em região montanhosa. Revista Árvore, Viçosa, v. 36, n. 1, p. 195-201. 2012. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/10771
dc.description.abstract Objetivou-se com este trabalho avaliar tecnicamente o desempenho do guindaste na extração de madeira de eucalipto em região montanhosa. A avaliação consistiu em determinar as atividades do ciclo operacional, os índices de produtividade, a eficiência operacional, a disponibilidade mecânica e identificar os fatores de interrupções operacionais e mecânicas na extração de uma floresta de eucalipto com produtividade média de 327 m³ ha-1 e 0,23 m³ árvore -1, variando a distância de extração de 30 em 30 m até a distância máxima de 150 m durante o intervalo de 37 dias com média de 68 ciclos por dia. As etapas desenvolvidas nos ciclos operacionais evidenciaram a distribuição de: 32% descida do cabo; 7% amarração da carga; 31% arraste da carga; 6% içamento e giro da carga e; 24% descarregamento. A equação da produtividade do guindaste [y = -9,05 Ln(x) + 54,6] demonstra-se ser maior quando a distância de extração diminui e revelando que é possível extrair madeira a 15,20 m³ h-1 para uma distância de 78 m e 29,54° (56,67%) de declividade em média, tendo uma disponibilidade mecânica de 91,66% e eficiência operacional de 80,38% a um custo de produção de 8,55 R$ m-3 (5.03 US$ m-3) com a contratação do guindaste no valor de 130,00 R$ h-1. O sistema de extração de madeira com guindaste tem elevadas vantagens ambientais, operacionais e econômicos, melhorando a logística para escoamento da produção, com formação de pilhas de 4 m de altura. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this study was to technically evaluate the performance of the crane in the extraction of eucalyptus wood in a mountainous region. The evaluation was to determine the activities of the operational cycle, the productivity indexes, the operational efficiency and the mechanical availability and to identify the factors of operational and mechanical disruption the extraction of a eucalyptus forest with average productivity of 327 m3 ha -1 and 0.23 m³ tree -1, varying the distance of extraction de 30 in 30 m up to 150 m during the range of 37 days with an average of 68 cycles per day. The steps developed in the operating cycle show the distribution of: 32%, cable decline; 7% lashing load, 31% load drag, 6% lifting and turning the load; and 24% unloading. The equation of crane productivity [y = -9.05 Ln (x) + 54.6] shows to be greater when the extraction distance decreased and revealing that it is possible to extract the wood at 15.20 m³ h-1 for a distance of 78 m and 29.54° (56.67%) of slope, on average, with a 91.66% mechanical availability and operational efficiency of 80.38% and a production cost of 5.03 US$ m-3 by hiring the crane at 76.43 US$ h-1. This extraction system with crame has high benefits environmental, running and economic, improving logistics for production, forming transport with logss up to 4 m high. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.36,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Mecanização florestal pt_BR
dc.title Utilização de guindaste na extração de madeira em região montanhosa pt_BR
dc.title Utilization of crane in wood extraction in a mountainous area pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Arvore_v36_n1_p195-201_2012.pdf 435.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Artigo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account