Biblioteca Florestal
Digital

Análise da trafegabilidade em estradas florestais utilizando métodos computacionais

Show simple item record

dc.contributor.author Oliveira, Robson Jose de
dc.contributor.author Gleriani, José Marinaldo
dc.contributor.author Machado, Carlos Cardoso
dc.contributor.author Pereira, Reginaldo Sérgio
dc.contributor.author Cordeiro, Sidney Araújo
dc.date.accessioned 2014-09-03T20:15:14Z
dc.date.available 2014-09-03T20:15:14Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation OLIVEIRA, R. J. et al. Análise da trafegabilidade em estradas florestais utilizando métodos computacionais. Revista Árvore, Viçosa, v.37, n.2, p.355-360. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/10645
dc.description.abstract As estradas florestais são o principal meio de integração entre as florestas e as empresas. A partir do exposto, percebe-se a necessidade não apenas da correta aplicação de atividades de manutenção, mas também de se determinar o tempo exato para tal intervenção. Partindo desse pressuposto, este trabalho apresenta os resultados da apreciação de dois métodos de classificação da qualidade de estradas não pavimentadas, com o intuito de se verificar a aplicabilidade dos mesmos na caracterização das estradas florestais brasileiras e servir como base para um sistema de gestão das operações de manutenção destas vias. Foram medidos os principais defeitos em estradas florestais seguindo um método denominado de Índice de Condição de Rodovia Não Pavimentada (ICRNP), que serviram de base para gerar um banco de dados para testar a eficiência do uso de redes neurais artificiais (RNA) na administração das estradas florestais, minimizando custos e paralisações de tráfego. Concluiu-se que a utilização das redes neurais artificiais apresentou resultados superiores ao método do ICRNP. pt_BR
dc.description.abstract The forest roads are the main integration mode between forests and companies. Therefore, there is a need for defining not only the required maintenance activities, but also the exact time for such intervention. Starting from this premise this paper presents the results of the assessment of two methods of classification of the quality of unpaved roads in order to verify which one reflects the field reality and thus can serve as the basis for a unpaved road management system. In this paper main defects in forest roads were measured following a method named Unsurfaced Road Condition Index (URCI) which served as a database for testing the efficiency of using artificial neural networks (ANN) in the management of forest roads taking into account costs minimization and traffic stoppage. It was concluded that the use of artificial neural networks showed superior performance that the URCI method. pt_BR
dc.format 6 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.37,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.title Análise da trafegabilidade em estradas florestais utilizando métodos computacionais pt_BR
dc.title Analysis of the traffic performance in forest roads using computational methods pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Revista_Árvore_v37_n2_p355-360_2013.pdf 1.494Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account