Biblioteca Florestal
Digital

Dinâmica da flora arbustivo-arbórea colonizadora em uma área degradada pela extração de ouro em Diamantina, MG

Show simple item record

dc.contributor.author Amaral, Wander Gladson
dc.contributor.author Pereira, Israel Marinho
dc.contributor.author Amaral, Cristiany Silva
dc.contributor.author Machado, Evandro Luiz Mendonça
dc.contributor.author Rabelo, Luiz David Oliveira
dc.date.accessioned 2014-09-03T19:59:22Z
dc.date.available 2014-09-03T19:59:22Z
dc.date.issued 2013-10
dc.identifier.citation AMARAL, W. G. et al. Dinâmica da flora arbustivo-arbórea colonizadora em uma área degradada pela extração de ouro em Diamantina, MG. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 23, n. 4, p. 713-725, out./dez. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/10633
dc.description.abstract O objetivo deste trabalho foi conhecer o processo de dinâmica da vegetação colonizadora em uma área degradada pela extração de ouro. A área em estudo foi estratificada em três ambientes, sendo que em cada ambiente foram alocadas dez parcelas contiguas de 100 m2 cada. Para a abordagem da dinâmica foram realizados dois inventários da vegetação arbustivo-arbórea incluindo todos os indivíduos com DAS30 > 3 cm. O primeiro inventário foi realizado no ano de 2008 e o segundo no ano de 2010. Em 2010, os novos indivíduos que atingiram o critério de inclusão (recrutas) foram marcados e medidos, os mortos foram registrados e os sobreviventes mensurados novamente. Foram calculadas as taxas de dinâmica: mortalidade, recrutamento, ganho e perda em área basal de cada ambiente, ficando evidente a importância da dinâmica como ferramenta para auxiliar no entendimento das relações de sucessão ecológicas das espécies. Os índices de diversidade de Shannon entre os três ambientes foram comparados pelo teste t de Hutcheson e foi utilizada a análise de espécies indicadoras na determinação das espécies preferências de cada um dos três ambientes pré- determinados. O número total de indivíduos passou de 707 para 909 em dois anos de intervalo, reforçando ainda mais a importância de regeneração natural nos processos de sucessão ecológica. O ambiente II manteve-se como o mais abundante, apesar de apresentar elevada taxa de mortalidade, o que pode ser explicado pela alta taxa de recrutamento. As espécies Eremanthus incanus, Trembleya laniflora, Trembleya parviflora, Roupala montana, Coccoloba brasiliensis e Tibouchina candoleana, apresentaram maior valor de importância nos dois levantamentos realizados, mostrando, assim, superioridade na colonização da área degradada pela extração de ouro, podendo vir a ser indicadas em programas de recuperação de áreas degradadas que se encontram em condições semelhantes na região de Diamantina. pt_BR
dc.description.abstract The main goal was to understand the dynamic process of vegetation colonizing an area degraded by the extraction of gold. The study area was stratified into three environments and, in each environment, contiguous ten plots of 100m 2 each were allocated. For the realization of the dynamics, two surveys of shrub-tree with level of inclusion (DAS30 > 3 cm) were carried out. The first one was realized in 2008 and second in 2010. In 2010, the new individuals that met the criterion for inclusion (recruits) were marked and measured, the dead registered and the survivors were measured again. The rates of mortality, recruitment, gain and loss in basal area of each environment were calculated and it became evident the importance of dynamics as a tool to help understand the relationships of ecological succession of species. The Shannon diversity index among the three environments were compared by t-test of Hutcheson and it was used the analysis of indicator species to determine species preferences of each of the three pre-determined environments.The total number of individuals passed of 707 to 909 in two years of interval, reinforcing the importance of natural regeneration processes of ecological succession. The environment II remained the most abundant one despite it presented a high mortality rate, which can be explained by the high rate of recruitment. The species Eremanthus incanus, Trembleya laniflora, Trembleya parviflora, Roupala montana, Coccoloba brasiliensis and Tibouchina candoleana, presented higher importance of value in the two surveys, showing superiority in the colonization of the area degraded by the extraction of gold and could be indicated in programs for the recuperation of degraded areas that are in similar conditions in the region of Diamantina municipality. pt_BR
dc.format 13 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.23,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Dinâmica da flora arbustivo-arbórea colonizadora em uma área degradada pela extração de ouro em Diamantina, MG pt_BR
dc.title Dynamics of the shrub and tree vegetation colonizing an area degraded by gold mined in Diamantina, Minas Gerais state pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciência_Florestal_n23_v4_p713-725_2013.pdf 1.213Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account