Biblioteca Florestal
Digital

Características de compósitos laminados manufaturados com polietileno de alta densidade (PEAD) e diferentes proporções de casca de arroz e partículas de madeira

Show simple item record

dc.contributor.author Pauleski, Dalva Teresinha
dc.contributor.author Haselein, Clovis Roberto
dc.contributor.author Santini, Elio José
dc.contributor.author Rizzatti, Eduardo
dc.date.accessioned 2014-08-28T19:00:43Z
dc.date.available 2014-08-28T19:00:43Z
dc.date.issued 2007-04
dc.identifier.citation PAULESKI, D. T. et al. Características de compósitos laminados manufaturados com polietileno de alta densidade (PEAD) e diferentes proporções de casca de arroz e partículas de madeira. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 17, n. 2, p. 157-170, abr-jun. 2007. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/10359
dc.description.abstract Este trabalho teve como objetivo avaliar a viabilidade da utilização de casca de arroz e partículas de madeira para a manufatura de compósitos, tendo como agente ligante o polietileno de alta densidade (PEAD). Os compósitos foram produzidos com casca de arroz e partículas de madeira de Eucalyptus grandis, puras ou misturadas, sendo que cada tipo participou com 0, 25, 50, 75 e 100% em proporção de peso seco. O PEAD foi usado como matriz na confecção destes, sendo testadas três proporções: 60, 75 e 90%. Os compósitos foram manufaturados de forma similar à fabricação de chapas aglomeradas com as dimensões de 0,5 x 5 x 25 cm formados em camadas em um molde de aço, e foram avaliadas as propriedades de flexão estática, ligação interna, absorção d’água e inchamento em espessura após 24 horas e após 15 ciclos de imersão. Os valores das propriedades de flexão estática foram influenciados pela massa específica do compósito. No caso da ligação interna, os valores ficaram dentro dos padrões estabelecidos pelas normas de comercialização para aglomerados convencionais, sendo o PEAD o parâmetro de maior correlação com essa propriedade. A casca de arroz provocou menor inchamento em espessura e, independente do tipo de matéria- prima utilizada, os valores diminuíram à medida que a proporção de PEAD foi aumentada. Combinações com maior porcentagem de PEAD apresentaram valores mínimos ou, em alguns casos, nulos de absorção d’água. Para a absorção d’água e inchamento em espessura após 15 ciclos, o comportamento dos resultados foi semelhante aos dos testes de inchamento em espessura após 24 horas e absorção d’água após 24 horas. Os resultados permitem concluir que os compósitos produzidos com PEAD, casca de arroz e partículas de madeira puras ou misturadas apresentaram boa qualidade quando comparados aos aglomerados convencionais, evidenciando a viabilidade de uso desses materiais na confecção desse tipo de painel. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this work was to analyse the feasibility of the utilization of rice husks and wood particles in the manufacture of wood plastic composites, in a way similar to particleboard fabrication. The composites were made with rice husks and Eucalyptus grandis wood particles, pure or mixed, in proportions of 0, 25, 50, 75 and 100% of ovendry weight. High density polyethylene (HDPE) was used as matrix in the manufacture in three proportions: 60, 75, and 90%. Bending properties, internal bond, water absorption and thickness swelling after 24 hours of water soaking and after 15 soaking cycles were evaluated. The values of bending properties were influenced by the density of the composite. In the case of internal bond, the values were within the limits established by commercial particleboard standards, being the HDPE proportion the parameter of higher correlation with this property. Rice husk caused lower thickness swelling and, independently of the type of raw material utilised, the values decreased with the increase of HDPE. Combinations with larger percentages of HDPE presented minimal values or, in some cases, null of water absorption. For the water absorption and thickness swelling after 15 cycles the behavior was similar to that of the 24 hour period. Results allowed concluding that the composites made with HDPE, rice husks and wood particles pure or mixed present good quality, evidencing the adequacy of these raw material and process in manufacturing this type of panel. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.17,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de chapas pt_BR
dc.title Características de compósitos laminados manufaturados com polietileno de alta densidade (PEAD) e diferentes proporções de casca de arroz e partículas de madeira pt_BR
dc.title Characteristics of laminated composites manufactured with high density polyethylene (HDPE) and different proportions of rice husks and wood particles pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Ciência_Florestal_v17_n2_p157-170_2007.pdf 122.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Periódico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account